Acidificante Capilar: O Que É, Para Que Serve e Como Usar

Cabelo

Acidificante Capilar: O Que É, Para Que Serve e Como Usar

dezembro 22, 2023
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos, presentes, brindes exclusivos com prioridade

Você já ouviu falar em acidificante capilar? Essa é uma técnica que promete restaurar o pH dos fios, selar as cutículas e deixar o cabelo mais brilhante, macio e saudável. Mas como funciona esse processo? Quais são os benefícios e os cuidados necessários? E como escolher o melhor produto para o seu tipo de cabelo? Neste artigo, vamos responder essas e outras dúvidas sobre o acidificante capilar. Acompanhe!

O que é acidificante capilar?

O acidificante capilar é um produto que tem como função equilibrar o pH do cabelo, que normalmente varia entre 4,5 e 5,5. Esse nível de acidez é ideal para manter as cutículas dos fios fechadas, o que garante mais brilho, maciez, hidratação e proteção contra agentes externos.

No entanto, alguns fatores podem alterar o pH do cabelo, tornando-o mais alcalino (acima de 7). Entre eles, estão o uso de químicas, como tinturas, alisamentos e descolorações, o excesso de calor, como secador, chapinha e babyliss, e a exposição ao sol, ao cloro e à poluição. Essas situações abrem as cutículas dos fios, deixando-os mais porosos, ressecados, opacos, quebradiços e propensos a frizz.

Para reverter esse quadro, o acidificante capilar age como um regulador do pH, reduzindo a alcalinidade e devolvendo a acidez natural do cabelo. Assim, ele sela as cutículas, repara os danos e melhora a aparência e a saúde dos fios.

Para que serve o acidificante capilar?

O acidificante capilar serve para diversos fins, dependendo da necessidade e do objetivo de cada pessoa. Veja alguns deles a seguir:

  • Potencializar a hidratação: o acidificante capilar ajuda a reter a água e os nutrientes dentro dos fios, evitando a perda de umidade e a desidratação. Além disso, ele facilita a penetração dos ativos hidratantes, como óleos, manteigas e vitaminas, nas camadas mais profundas do cabelo. Dessa forma, ele potencializa o efeito da hidratação, deixando o cabelo mais nutrido, macio e brilhante.
  • Preparar o cabelo para químicas: o acidificante capilar também pode ser usado antes de processos químicos, como colorações, descolorações e alisamentos, para preparar o cabelo e evitar danos maiores. Ele fortalece a fibra capilar, fecha as cutículas e cria uma barreira protetora contra a ação dos produtos químicos, que tendem a ser alcalinos e agressivos. Assim, ele reduz os riscos de quebra, ressecamento e porosidade.
  • Finalizar o cabelo após químicas: outro uso do acidificante capilar é como finalizador, após os processos químicos. Ele ajuda a restaurar o pH do cabelo, que fica alterado pela química, e a selar as cutículas, que ficam abertas. Isso evita que o cabelo perca a cor, o brilho e a hidratação, prolongando o resultado da química e mantendo o cabelo saudável.
  • Neutralizar tons indesejados: o acidificante capilar também pode ser usado para neutralizar tons indesejados no cabelo, como o amarelado, o alaranjado ou o esverdeado. Isso acontece porque ele contém pigmentos que agem como matizadores, corrigindo a cor e realçando o tom desejado. Por exemplo, um acidificante capilar roxo pode ser usado para neutralizar o amarelado dos cabelos loiros, enquanto um acidificante capilar azul pode ser usado para neutralizar o alaranjado dos cabelos castanhos.

Como usar o acidificante capilar?

O modo de usar o acidificante capilar pode variar de acordo com o produto e o fabricante, por isso é importante ler as instruções da embalagem e seguir as recomendações. No entanto, de forma geral, o passo a passo é o seguinte:

  • Lave o cabelo com um shampoo de sua preferência, massageando bem o couro cabeludo e os fios. Enxágue e repita a operação, se necessário.
  • Aplique o acidificante capilar no comprimento e nas pontas do cabelo, evitando a raiz. Distribua o produto uniformemente, mecha por mecha, e deixe agir pelo tempo indicado na embalagem, que pode variar de 3 a 15 minutos.
  • Enxágue o cabelo com água fria ou morna, retirando todo o produto. Em seguida, aplique um condicionador ou uma máscara de hidratação, para selar as cutículas e nutrir os fios. Deixe agir pelo tempo indicado e enxágue novamente.
  • Finalize o cabelo como de costume, usando um creme de pentear, um óleo ou um leave-in. Se preferir, seque o cabelo com um secador, usando um protetor térmico antes.

Como escolher o melhor acidificante capilar?

Na hora de escolher o melhor acidificante capilar, é preciso levar em conta alguns fatores, como o tipo de cabelo, o resultado esperado e a composição do produto. Veja algumas dicas a seguir:

  • Tipo de cabelo: o acidificante capilar pode ser usado em qualquer tipo de cabelo, desde que esteja com o pH desequilibrado e as cutículas abertas. No entanto, alguns produtos podem ser mais específicos para determinados tipos de cabelo, como os loiros, os cacheados, os danificados, etc. Por isso, é importante verificar se o produto é adequado para o seu tipo de cabelo, lendo as informações da embalagem e as avaliações de outros consumidores.
  • Resultado esperado: o acidificante capilar pode ter diferentes funções, como potencializar a hidratação, preparar o cabelo para químicas, finalizar o cabelo após químicas ou neutralizar tons indesejados. Por isso, é importante escolher o produto que atenda ao seu objetivo, verificando se ele tem as propriedades e os benefícios que você procura. Por exemplo, se você quer neutralizar o amarelado dos cabelos loiros, você deve optar por um acidificante capilar roxo, que contém pigmentos violeta que matizam os fios.
  • Composição do produto: o acidificante capilar deve ter uma composição que seja capaz de reduzir o pH do cabelo e selar as cutículas, sem agredir ou ressecar os fios. Por isso, é importante verificar os ingredientes do produto, evitando aqueles que contenham substâncias nocivas, como sulfatos, parabenos, petrolatos, silicones e corantes artificiais. Além disso, é recomendável escolher um produto que contenha ativos hidratantes, nutritivos e reconstrutores, como óleos vegetais, manteigas, proteínas, aminoácidos, ceramidas, pantenol, glicerina, etc.

FAQ

Com que frequência devo usar o acidificante capilar?

A frequência de uso do acidificante capilar depende do estado do seu cabelo e do resultado que você deseja. Em geral, recomenda-se usar o produto uma vez por semana ou a cada 15 dias, para manter o pH do cabelo equilibrado e as cutículas seladas. No entanto, se o seu cabelo estiver muito danificado, poroso ou com tons indesejados, você pode usar o produto com mais frequência, até obter a melhora desejada. Nesse caso, é importante fazer um teste de mecha antes, para verificar se o cabelo não vai ficar ressecado ou manchado.

O acidificante capilar pode alterar a cor do cabelo?

O acidificante capilar pode alterar a cor do cabelo, dependendo do tipo de produto e do tom dos fios. Alguns acidificantes capilares contêm pigmentos que matizam o cabelo, neutralizando tons indesejados, como o amarelado, o alaranjado ou o esverdeado. Nesse caso, o produto pode alterar a cor do cabelo, deixando-o mais platinado, acinzentado ou perolado, por exemplo. Outros acidificantes capilares não contêm pigmentos, mas podem realçar a cor natural do cabelo ou a cor da tintura, deixando-os mais vivos e brilhantes. Por isso, é importante fazer um teste de mecha antes de usar o produto, para verificar se o resultado será o esperado.

O acidificante capilar pode ser usado em cabelos cacheados ou crespos?

O acidificante capilar pode ser usado em cabelos cacheados ou crespos, desde que sejam respeitadas as características e as necessidades desses tipos de cabelo. Os cabelos cacheados ou crespos tendem a ser mais secos, frágeis e porosos, por isso precisam de mais hidratação, nutrição e reconstrução. Além disso, eles têm uma forma espiralada, que dificulta a distribuição da oleosidade natural do couro cabeludo até as pontas. Por isso, é importante escolher um acidificante capilar que seja hidratante, nutritivo e reconstrutor, que contenha óleos vegetais, manteigas, proteínas, aminoácidos, ceramidas, etc. Também é importante usar o produto com moderação, para não sobrecarregar os fios ou deixá-los rígidos.

Conclusão

O acidificante capilar é um produto que pode trazer muitos benefícios para o seu cabelo, como restaurar o pH, selar as cutículas, potencializar a hidratação, preparar e finalizar o cabelo para químicas e neutralizar tons indesejados. No entanto, para aproveitar ao máximo essas vantagens, é preciso escolher o produto adequado para o seu tipo de cabelo, seguir as instruções de uso e ter cuidado com a frequência e a quantidade de aplicação. Assim, você poderá ter um cabelo mais bonito, saudável e brilhante.

Aviso Legal: Este texto é apenas informativo e não substitui a opinião de um especialista. Antes de fazer qualquer procedimento. Consulte um profissional que poderá avaliar as suas condições e indicar o melhor tratamento. Não nos responsabilizamos por qualquer dano ou prejuízo causado pelo uso das informações contidas neste texto.

One Reply to “Acidificante Capilar: O Que É, Para Que Serve e Como Usar”

Escova de Cabelo: Como Escolher a Melhor para o Seu Tipo de Fio - Thachic

[…] Cabelo […]

Os comentários estão desativados para esta publicação.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo (a)?